Estudantes cobram melhoria para o transporte coletivo do Prefeito de Porto Velho.

WP_20151008_006Estudantes de vários cursos da UNIR e estudantes secundaristas relataram ao prefeito de Porto Velho a dificuldade que estão passando, na oportunidade o DCE entregou uma pauta de reivindicação ao chefe do executivo, entre elas estão:

 

1. Ampliação na quantidade de coletivos contratados para 214 (duzentos e quatorze), com ônus a empresa Ocimar Transportes;

 

2. Oferta de cinco ônibus climatizados para atender a linha denominada “Campus UNIR” nos períodos de maior fluxo (07h às 09h; 11h às 14h; 17h às 20h) e ao menos dois ônibus durante os períodos de menor utilização, dos quais um destes seja adaptado para portadores de necessidades especiais;

 

3) Promova a devida execução contratual contra a empresa e de eventual rescisão diante do inadimplemento desmotivado;

 

4) Regulamentação do serviço de transporte alternativo via lotação (Vans,Microônibus);

 

5) Criação de um itinerário que perfaça o trajeto Zona Leste/Campus UNIR e Zona Sul/Campus UNIR, a priori nos horários de maior fluxo;

 

6) Passe Livre para estudantes, que já é realidade em várias cidades do Brasil

Leia a pauta de reivindicação na íntegra: http://goo.gl/3wOCf1

 

O prefeito afirmou que a empresa OCIMAR não compareceu ao trabalho e por isto a prefeitura já cancelou o contrato com a empresa e não pagou e nem vai pagar nenhum valor financeiro para a empresa e que vai acionar a justiça para pedir idoneidade da empresa.

 

Disse também que nos próximos dias a prefeitura poderá contratar uma nova empresa para regularizar o transporte coletivo, assim que uma nova empresa assumir, os itens 2 e 5 relatados acima serão discutidos.

 

No entanto o prefeito não deu um prazo para que as ônibus coletivos estejam circulando normalmente.

 

O Ato em defesa do transporte coletivo de qualidade foi mobilizado pelas redes sociais, infelizmente muitos estudante que confirmaram participação não compareceram no ato, durante a reunião com o prefeito, todos os estudantes presentes tiveram voz para relatar a dificuldades que estamos passando.

Deixar uma resposta