Nota Pública

O Diretório Central dos Estudantes – DCE UNIR vem manifestar publicamente o apoio e a luta pela criação do Conselho de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais, Transgêneros, Queer e Intersexuais (LGBTTQI) em Rondônia.

Nota Pública

O coletivo de entidades abaixo subscritoras, vem, a pública, manifestar o que segue:

1. O Estado brasileiro é laico, conquista que visa assegurar a tolerância e o respeito entre todas as confissões e crenças;

2. Nesse sentido, concepções próprias de um credo ou outro devem ser respeitadas, mas não podem servir para impor agendas que excluam direitos ou promovam a discriminação negativa de setores sociais;

3. Em defesa da vida de centenas de cidadãs e cidadãos que são brutalmente assassinadas e assassinados em virtude de crimes de ódio por suas sexualidades, a criação do Conselho LGBTTQI no Estado de Rondônia é um imperativo;

4. Em defesa das famílias dessas vítimas da discriminação por orientação sexual e da segregação pela diferença, é essencial que o Poder Público promova a articulação de políticas com a sociedade civil, articulação essa que é prioritária nos espaços de conselhos de direitos;

5. A democracia participativa, da qual os conselhos de direitos são ferramentas, permitem a ativa cidadania e uma melhor governança, não havendo razões legais ou políticas para a sua não institucionalização;

6. Por todo o exposto, em defesa da diversidade, da vida, da dignidade humana e pelo fim de todos os preconceitos, os coletivos e entidades apoiam a criação do Conselho Estadual LGBTTQI em Rondônia, requerendo ao sr. Governador do Estado, Daniel Pereira, que sancione a lei já aprovada pelo Parlamento Estadual.

Abrapso – Associação Brasileira de Psicologia Social/RO

Aliança Nacional Lgbti+

Associação de Defesa Etnoambiental – Kanindé

Associação de Pessoas com Deficiência de Porto Velho – Asdef-Pvh

Associação Religiosa Recreio de Iemanjá: Terreiro de Mina Santa Bárbara

Blog da Luciana Oliveira

Centro Acadêmico de Psicologia da FIMCA (CAP-FIMCA)

Centro Acadêmico de Psicologia da Unir

Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Maria dos Anjos

Centro de Estudos e Pesquisas Jurídicas da Amazônia (Cejam) da UNIR

Coletivo Elas com Elas

Diretório Central dos Estudantes da Unir

Grupo Amazônico de Estudos e Pesquisas em Psicologia e Educação (GAEPPE) da Fundação Universidade Federal de Rondônia – UNIR

Grupo Dignidade

Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares Afroamazonicos da Universidade Federal de Rondônia

Grupo de Estudos Semióticos em Jornalismo (Gesjor) – profa. Dra. Aparecida Luzia Alzira Zuin

Grupo de Pesquisas Triângulo

Instituto Brasileiro de Direito de Famílias/RO

Laboratório Amazônico de Estudos em América Latina (LabLat/UNIR)

Movimento Nacional de Direitos Humanos

Nilza Menezes
Pesquisadora do mandrágora/Netmal, grupo de pesquisa em Gênero e Religião do Programa de pós-graduação da Universidade Metodista de São Paulo. Sacerdotisa do templo Ile Ase Elesu- Religião Tradicional Yoruba IFÁ

Raduan Miguel Filho. Desembargador do TJRO e Presidente do Instituto Brasileiro de Direito de Famílias/RO.

 

Foto: Estudantes de 27 Estados do Brasil apoiam a luta LGBTTQI.

Um comentário em “Nota Pública

  • 05/05/2018 em 10:40 pm
    Permalink

    Podem contar comigo nessa luta.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *